Um guia de pizzarias em Buenos Aires

Post publicado originalmente em janeiro de 2015 e atualizado em setembro de 2018


Segundo o “Instituto de Pesquisas do Blog da Pizza” (IPBP), 99,7% das listas de promessas de ano novo envolvem, em pelo menos um dos seus itens, cultura ou viagem ou comida. Veja a sua lista e me diga se não é verdade… Por isso, o Blog da Pizza traz para você, no primeiro post de 2015, uma dica que une cultura, viagem e pizza: um Guia de pizzarias em Buenos Aires, de Pietro Sorba, publicado pela editora Planeta.

Encontrei o livro na minha mais recente viagem à Buenos Aires, em um local onde sempre “bato o ponto” quando estou em BA: a livraria El Ateneo Splendid, uma das mais belas livrarias que existem e um lugar essencial para você que vai à capital portenha. Segundo a sua página do Face, o prédio foi construído em 1919, pelo austríaco Max Glücksmann (que também era o proprietário da gravadora que lançou Carlos Gardel) e, como as memórias da Primeira Guerra ainda eram muito presentes, a cúpula do teatro foi pintado, pelo italiano Nazareno Orlandi, com temas pacifistas. Na virada do século XXI a cadeia de livrarias Yenni adquiriu o prédio e adaptou toda a estrutura do teatro e o transformou na maravilhosa livraria.

Livraria El Gran Ateneu Splendid
Livraria El Gran Ateneu Splendid

Bom, mas vamos falar do livro, certo? 😎

Crítico gastronômico Pietro Sorba
Pietro Sorba

Seu autor, Pietro Sorba, é um italiano que desde 1992 tem dividido seu trabalho entre a Itália, Argentina e outros países latino-americanos. Jornalista, crítico gastronômico e conhecedor de história e antropologia culinária, foi colunista do Clarín e do Infobae Gourmet.

Além deste guia de pizzarias, Sorba também publicou, da mesma coleção, os guias Parrillas de BA, Bodegones de BA, Pulperías – Almacenes y Manjares de La Província de BA, Restaurantes de Las Colectividades de BA, Sabores de Córdoba e Rutas Gastroníomicas de Cubut – Corazón de Patagínia. Além de Los 150 restaurantes que nunca fallan (o que no deberían fallar).

Acho que suas credenciais garantem que a lista de pizzarias do livro confiável… rs… Para conferir, visitamos uma das indicações e, realmente, foi muito boa. Aguardem que em breve o blog vai publicar uma crítica sobre ela.

Guia de Pizzarias de Buenos Aires

Capa do livro Pizzarías de Buenos Aires
Capa do livro Pizzarías de Buenos Aires, publicado pela Planeta

O livro indica 35 pizzarias e, para cada uma delas, ele traz informações interessantes como: ano de abertura, chef pizzaiolo, tipo de forno, além das tradicionais: endereço, telefone, formas de pagamento, faixa de preço, se tem delivery, email e site.

As casas têm sua fundação desde 1932 (Gürrin, Las Cuartetas e Pirilo) até 2010 (Il Ballo del Mattone e Siamo nel Forno). Interessante que a grande maioria das pizzarias indicadas é das décadas de 30 a 60 (21 pizzarias). Poucas foram abertas no século XXI. O que será que isso significa? Será uma oportunidade para novos empreendedores ou mostra uma ameaça existentes no mercado de redondas portenho?

Sorba diz que teve várias dificuldades na sua pesquisa, já que as organizações que tinham dados estatísticos sobre o mercado não colaboraram com o livro. Mesmo assim, ele afirma que confia que “las trienta y cinco elegidas representam muy bien el universo pizzero porteño y argentino. En calidad, cantidad y tipologia”.

A introdução do guia é muito interessante e conta um pouco da história da pizza, sua chegada à Argentina e como os portenhos encaram este alimento universal. Pizza a la piedra, pizza al molde, forno a gás e, mais recentemente, a pizza a parrilla são algumas maneiras que você pode degustar uma redonda em Buenos Aires. Estas diferentes formas são justificadas por Sorba como uma característica básica da comida argentina, “la famosa y tan nombrada fusión culinaria que tanto influyó en las constumbres alimentares locales”.

Pizza a La piedra
Pizza a la Piedra da Traka Traka. Fotografia cortesia da Tripadvisor

Cada pizzaria é bem caracterizada por belas fotos em PB e um texto que mostra um pouco da sua história e estilo. Se você é um amante das redondas e vai para Buenos Aires, precisa comprar este livro e, quem sabe, nos mandar um relato da sua experiência. Se você é um portenho, não esqueça do conselho de Sorba:

Sigam gozando do prazer de comer sua própria pizza. É uma forma de ser um argentino. Algo único e que não pode ser reproduzido. É, nada mais e nada menos, que o resultado de um processo cultural que começou há mais de um século e meio, e que se manteve e se manterá por muito tempo mais. Cuidem. Amem e transmitam aos seus filhos para que não percam a oportunidade de saborear algo autenticamente portenho e argentino. Para que tenham sempre, em sua memória este símbolo marcado a fogo.

Da próxima vez que for para a Argentina, não deixe de comprar o seu exemplar do Guia de Pizzarias de Buenos Aires e não esqueça de nos contar quais pizzarias você visitou.

Serviço

  • Título: Pizzerías de Buenos Aires
  • Autor: Pietro Sorba
  • Editora: Planeta
  • No. de páginas: 144
  • Preço: $600 pesos argentinos
  • Formato: Impresso e eBook
  • Link

Que tal compartilhar?

Uma resposta para “Um guia de pizzarias em Buenos Aires”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *