Pizza é Literatura!

Capa do livro Pizzarias em Buenos Aires
Pizzarias em Buenos Aires, nossa primeira resenha

Juntar várias coisas que amamos é um dos principais objetivos que temos na vida, não? Por isso, fico feliz em postar aqui que Pizza é Literatura!

Na primeira postagem desta nova (e, se o Deus da Pizza quiser, permanente) fase do Blog da Pizza, falamos sobre um Guia de Pizzarias de Buenos Aires. E, a partir de hoje, criamos uma série nova no blog, Pizza é literatura, que trará, a cada duas semanas (mais ou menos), resenhas de livros que tratam do mundo da nossa redonda.

Como disse no início, quando a gente consegue colocar em um mesmo lugar várias coisas que amamos é como se chegássemos à Terra Prometida. Esse blog, de certa forma, é um pedaço (com trocadilho) desta terra, pois consegui juntar Tecnologia/convergência das mídias + Pizza + Livro/literatura.  E isso tem a ver com a história da minha vida…

O início de tudo…

Como descendente de uma família oriental, sempre fui direcionado para ir para a Engenharia e, uma forma que meus pais tinham de me manter nessa jornada era oferecer tudo o que existia de inovação. É como seu eu fosse alguém da Geração Z vivendo na década de 70/80…

Meu primeiro computador foi um TK83, que tinha uma memória RAM astronômica de 48 Kb (provavelmente seu celular deve ter 1 milhão de vezes mais memória do que ele) e carregava os programas através de um gravador cassete. Depois, tive um CP500, Apple II, MSX, Amiga 3000, XT, AT… Tive um walkman, o modelo original do Discman, da Sony. Tudo isso gerou uma grande paixão por tecnologia e inovação.

O primeiro resultado foi cursar Engenharia Civil na Escola Politécnica da USP. O final não foi lá o que meus pais imaginavam: desisti do curso.

Depois, cursei Produção Editorial, que era uma forma de me especializar em algo que eu já fazia: publicar livros e jornais, com a diagramação no Word que rodava no DOS… 8-S. Claro que isso teve um empurrãozinho da minha namorada (hoje, esposa), Ana Claudia, que fazia jornalismo. Fato é que na Produção Editorial encontrei uma maneira de trabalhar com tecnologia, algo que eu gostava muito. Especializei-me na área, fiz meu mestrado e hoje, estou na fase final de um doutorado, tendo o livro digital como objeto de estudo.

Mas não é só aí que a tecnologia se encontra com o livro/literatura: fui para a área educacional e tenho trabalhado, nos últimos 12 anos, pensando sobre a intersecção da tecnologia com o jornalismo, produção editorial e, também, na educação, dando aula em uma pós bem legal em Tecnologias da Aprendizagem e prestando consultoria para escolas e universidades que desejam aprimorar seu processo ensino-aprendizagem com as possibilidades que a Apple Education oferece.

Pizza e literatura

Livros na área de gastronomia já são sucesso há alguns anos. Claro, além de falar de um assunto que (quase) todo mundo gosta (comida), o potencial imagético da temática é incrível. Tanto é que existem diversos “coffee table books” sobre nossa amada redonda.

Títulos sobre a história da pizza; regiões do mundo famosas pela redonda; livros de receitas; textos acadêmicos… Enfim, vamos falar de todos estes temas nesta série.

Se você fizer uma busca na Amazon brasileira vai descobrir que existem  cerca de 40 títulos relacionados à pizza. Agora, se a pesquisa for no site americano da Amazon, você vai ter uma grata surpresa: só na seção Cookbooks, Food and Wine são mais de 1.000 livros, cujos títulos incluem a palavra pizza!!! Poderia criar uma editora monotemática e teria originais para toda a vida (acho que vou desenvolver um plano de negócios para ela… rs).

Capa O livro da Pizza, de Vicenzo Bonassi
O livro da Pizza, de Vicenzo Buonassisi, o primeiro título especializado em pizzas, lançado no Brasil

Já a Biblioteca Nacional, responsável pela emissão do ISBN (o RG de cada livro), indica que já foram publicados, oficialmente, 39 livros que incluem a palavra pizza no título.

O primeiro deles, lançado em 1982, é uma tradução do livro Il libro della Pizza, e foi publicado pelo Círculo do Livro (que mereceria uma postagem, se o blog fosse só sobre livros). Você encontra este título na Estante Virtual por menos de 10 reais. Já adquiri um e ele vai entrar na lista de resenhas da série.

Convido você a saborear essa nova série sobre Pizza e Literatura. Nos próximos dias, vou resenhar o livro The Pizza Bible, de Tony Gemignani, vencedor, por 11 vezes, do prêmio Melhor Pizzaiolo do Mundo.

Nos vemos em breve!

Que tal compartilhar?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *